O amor não se explica



Eu sonho com o dia em que nossos planos vão se realizar. Eu sonho com o dia em que eu vou poder te chamar de "meu", de "meu amor", ao invés de apelidos bipolares e momentâneos. - Dói muito querer dizer que "Te amo" ao invés de "Gosto de você", ou até mesmo dizer "Te amo" mas sem esquecer do complemento: "Amigo".
Dói querer estar ao teu lado nos teus momentos de indecisão. - Ahh! como dói querer enxugar tuas lágrimas, te fazer carinho, e o final dar aquele beijo tão esperado. Sim, eu sonho com tudo isso, nossa! como eu sonho.
Eii! Eii! sabe o que me encanta em você? - Sua espontaneidade, sua sinceridade, o seu olhar, ahh! principalmente o seu olhar, sem esquecer do seu sorriso, que esse dá mais vida ao meu dia.
Sabe o que me deixa sem jeito? - Quando você diz que estou linda, que ama ver meu cabelo voando ao vendo, é besteira não é? mais me deixa assim.
Sabe o que me deixa boba? - Quando você diz que vamos nos casar, mesmo na brincadeira, mas você sabia que eu sonho com esse dia?
Porém você sabe o que me dá esperança? - É saber que todo esse sentimento é reciproco, mesmo o seu medo falando mais alto. Mas lembre-se que o amor é maior que o medo e as vezes ele nos faz cometer loucuras. Na realidade o amor foge das perspectivas humanas, das explicações dos sábios, das provas científicas; Para falar a verdade o amor não se explica, ele se vive, e eu quero vivê-lo com você!

Reações: 

Sou diferente



Sou diferente de todas que você gostuma dizer "pegar".
Sou diferente daquelas que se "fazem" de difícil.
Não sou como aquelas pessoas que "dão uma" de amiga sincera.
Não sou como aquelas que se aproximam de você por simples interesse. Eu amo e quando amo, amo de verdade; Eu protejo, e quando protejo é pra valer; Eu sou sincera, e quando falo, saia de baixo; Eu te defendo, agora se você estiver errado, não conte comigo, eu sou sua amiga, não sua cúmplice; Se você cair, acredite, não vou te julgar, vou te ajudar a levantar. Não tenho medo de me apaixonar, tenho medo de entregar meu coração a pessoa errada. Não tenho medo de arriscar, de viver o hoje, nem de me arrepender amanhã, tenho medo de olhar para trás e não acreditar que não fiz o que o meu coração pedia. Não é porque sou forte que meu coração seria a prova de tudo. Eu sou diferente, mas tenho falhas, tenho medo, tenho obstáculos, assim como você. Eu sou diferente, mas não sou boba, então não tente ser comigo quem você não é. Seja verdadeiro comigo que serei com você, seja companheiro comigo que serei com você.
Lembre-se: ser diferente não é ser tolo ou estranho, é ser normal da sua maneira.
Dedicada a: Julianne Francini

Reações: 

Medo vs Amor


Medo e amor, duas palavras que realmente não combinam, ou na maioria das vezes. O medo só combina com o amor na seguinte frase: "Tenho medo de perder seu amor". É lindo ouvir isso não é? Nos sentimos tão fragilizadas com tal frase. Porém tem outra que estraga todas as hipóteses de um amor verdadeiro:
"Tenho medo de amar você". Medo de me amar? Como assim? Tudo bem que o amor muitas vezes nos faz correr riscos, eu assumo, mas ter medo? quando se ama não tem medo, não tem coisas impossíveis, não tem fronteiras que dê jeito. Mágoa? é outra palavra que não faz sentido. Perdão? Segunda chance? Essas sim, formam uma dupla perfeita. Afinal não há amor sem perdão, não há segunda chance sem um erro.
Lembre-se: Todos erramos, todos temos obstáculos, mas o amor ele tudo supera.

Reações: